Dei uma entrevista para o jornal online Nexo sobre a minha sugestão de lugar para visitar em julho, mas a condição era que fosse uma viagem barata. Veja a minha dica de lugar para conhecer fora do Brasil, gastando até R$ 1.500.

Bolívia

Custo estimado

R$ 1.500 (sem aéreo)

Tempo mínimo recomendado

15 dias

Para julho, eu recomendo conhecer a Bolívia, já que é um país muito barato, com paisagens fora do comum. Já viajei por vários países, mas a natureza da Bolívia foi a que mais me impressionou até hoje.

As passagens, em julho, de São Paulo para Santa Cruz de La Sierra estão em torno de R$ 1.000, valor um pouco acima do visto em outras épocas do ano, mas ainda vale a pena, já que no país você vai gastar muito pouco.

Todas as viagens dentro do país você pode fazer de ônibus, o que vai sair mais econômico. Só basta ter disposição e gostar de aventuras, pois as estradas são bem sinuosas e os motoristas parecem curtir adrenalina.

IMG_0390

Aconselho ficar uns 15 dias pela Bolívia para que seja possível conhecer cidades variadas e vivenciar experiências diferentes. A capital, La Paz, é uma cidade agitada, muito viva e animada. Vale a pena passar 3 dias e aproveitar para conhecer o Valle de La Luna e a montanha Chacaltaya, a 5.421m de altitude. São passeios pagos, mas não são caros. E se você gosta de aventura, pode se arriscar no downhill pela Estrada da Morte. Fiz esses passeios e recomendo todos.

IMG_0457

Apenas tome cuidado com a Estrada da Morte, que não ganhou esse nome por acaso. Escolha uma agência boa e, neste caso, pagar um pouco mais caro irá garantir bicicletas e equipamentos melhores. Fiz com a agência mais barata e me ferrei um pouco nesse passeio.

IMG_0555

Quanto aos gastos na cidade, uma refeição completa pode sair R$ 7. Um quarto compartilhado em um hostel ou albergue no centro de La Paz sai por volta de R$ 30 por dia.

IMG_0698

Mas o grande passeio será conhecer o Uyuni, o deserto de sal, que caiu no gosto dos viajantes nos últimos anos e está na moda. De qualquer modo, é um lugar incrível! O passeio custa em torno de R$ 400 e R$ 500 com tudo incluso (três dias com café da manhã, almoço, jantar, hospedagem, carro 4×4 e motorista-guia). Se você for ver, é bem barato para uma excursão cheia de detalhes e cuidados como essa. Julho é um bom período para conhecer o local, pois as chuvas cessam e o deserto está bem seco e branquinho. Na época de chuvas, apesar de formar um espelho d’água lindo, muitas vezes o tour é cancelado, já que o carro não consegue atravessar o deserto.

IMG_2128

Resumindo, a Bolívia ainda é um país subestimado, com uma cultura singular e maravilhosa. Todos deveriam ir para lá para entender como funciona esse país que mistura cores, sabores e paisagens super diferentes daquilo que estamos acostumados a ver em viagens pelo ocidente.

Agora confira aqui a dica dos outros blogueiros para viajar em julho, dentro e fora do Brasil, gastando pouco.

Talvez você também goste

Deixe um comentário