Quando eu e meu namorado (esse aí da foto acima) decidimos mudar o nosso estilo de vida e nos tornar location independent, ou seja, nômades digitais, pesquisamos muito sobre os lugares onde poderíamos levar uma vida confortável, mas sem luxos, com o dinheiro que ganharíamos com nossos trabalhos de freelancer. Abrimos mão de uma vida previsível e estável para nos aventurarmos por aí, mas isso não significa que podemos viver em qualquer lugar que quisermos.

Apesar de conhecermos muitos nômades digitais e já sabermos um pouco onde vale a pena se fixar e onde só compensa ir para passear, fomos em busca de informações mais concretas e detalhadas sobre os destinos. Por exemplo, a gente sabe que Portugal é um país barato, mas quão barato? Barato em quê? Como podemos saber o preço médio de um aluguel ou do transporte e comparar essas coisas com o Brasil ou com outro país da Europa? A internet lá é boa? É um lugar seguro?

Então, para escolher um lugar para morar mundo, usamos dois sites que resolvem todas essas questões de uma forma precisa e rápida. Eles podem também ser usados no planejamento de uma viagem de férias, não apenas para morar fora. Dá uma olhada nessa combinação!

NOMAD LIST

O Nomad List é ótimo para você ter noção de quais são as cidades mais baratas no mundo e também escolher a cidade de acordo com os seus interesses e suas necessidades. Ao entrar na home, você verá um ranking com as cidades mais baratas para viver e algumas informações básicas sobre elas, como a qualidade da internet, custo de vida por mês, temperatura e, se passar o mouse em cima, ainda aparecerão algumas outras informações.

Na home você também encontra alguns filtros e pode selecioná-los para ter uma visão mais focada daquilo que é importante para você, como baixa criminalidade, lugares para trabalhar, seguro para mulheres, tipo de clima, vida noturna etc.

 

Clicando em uma das cidades ou pesquisando por alguma que não esteja na home, você poderá ver informações bem detalhadas, indo de preços até qualidade do ar. Uma coisa que prezamos bastante é a qualidade da internet, já que somos freelancers e trabalhamos pelo computador. Outra coisa legal de reparar é se as pessoas falam inglês naquela cidade e se é amigável com estrangeiros, mas isso não é um fator determinante para nós. É só mais uma curiosidade.

NUMBEO

O Numbeo, para mim, complementa a pesquisa que fiz antes pelo Nomad List. Nele, é possível fazer comparações entre duas cidades e, assim, você tem uma ideia melhor de quanto irá economizar. Na home você coloca o destino de interesse, pode ser a cidade ou apenas o país. De cara, você terá informações sobre o custo de vida em várias categorias, como transporte, aluguel, mercado, roupas, etc. Ele tem até um pouco mais de informações que o Nomad List, mas visualmente é mais chatinho e, por isso, prefiro entrar antes no Nomad List por ser mais fácil de visualizar as informações que realmente importam.

Para comparar com outra cidade, você preenche o campo embaixo de “Cost of living in…”. Veja a simulação que fiz, comparando Lisboa e São Paulo. A primeira coisa que você nota é que ele mostra o quão mais barato Lisboa é em relação a São Paulo em diversos quesitos. Por essa primeira avaliação, você vê que Lisboa perde para São Paulo apenas no aluguel. Mais abaixo, você tem novamente as informações de custo de vida, mas agora das duas cidades. E no fim da página você ainda encontra um gráfico que compara as duas cidades com outras pelo mundo.

Esse é o truque que a gente usa para saber se vale a pena mudar para o lugar que temos em mente. Se vimos que é muito absurdo o custo de vida, buscamos alternativas. Bom, agora ficou mais fácil fazer seu sonho ser compatível com a sua grana. 🙂

Talvez você também goste

Deixe um comentário